Um filme dirigido por Murilo Salles com Leandra Leal.
Baseado na obra de Clarah Averbuck.


"Daniel Siqueira de Pádua. 27 anos. Musico frustado.
Migrei para a literatura panfletando poemas do Bukowski nos banheiros femininos da universidade.
Sou leitor atento do blog
Proponho troca de estímulos com a autora.
Desligo. Câmbio."


"Camila, vc é uma mulher de colhões. Isso é o suficiente para que eu beba em sua homenagem.
Vc deve ter sofrido para descobrir que escrever é mais importante do que morrer."
Isso é o suficiente para eu guardar seu nome.
Um beijo, o meu melhor beijo".
Daniel.


"Daniel, sabemos o quanto é dificil o oficio de viver.
Desata esse nó e venha na minha festa. Não tema. Meus colhões são uma metafora que você criou,
apenas isso.
Vamos, coragem. Apareça".
Camila.

Um comentário:

Maria Clara disse...

e quem não amaria Daniel...

Músicas de Camila